Nem o sutiã sustenta


"Sou a mulher mais corajosa que conheço. Na intimidade, podem me chamar de Nara Coração de Leão." Nara Leão (1942-1989), cantora carioca, quando criticava os militares pela imprensa, em 1965.

Tema de hoje: Feminilidade

Para muitos, a palavra masculinidade está relacionada à racionalidade, enquanto feminilidade, ao conceito oposto - ao da sensibilidade, que engloba: tolerância, emotividade, fragilidade e sensualidade. Hoje em dia, esse conceito tem mudado. As mulheres têm mostrado seu "poder", isto é, sua determinação, competitividade e segurança.

Mas ainda hoje há uma confusão entre o "ser feminista" e "ser feminina". As feministas são vistas como defensoras das questões (políticas ou morais) da desigualdade social e econômica em que as mulheres se situam em relação aos homens.

Já o termo feminina, está associado a feminilidade, ou "ser mulher". Cada mulher tem sua feminilidade, sendo esta: delicada, meiga, decidida, geniosa, enfim.. Ser feminina é ser simplesmente mulher!

"A vida de uma mulher é a história de seus afetos."
Washington Irving (1783-1859), escritor americano.

**************************
Sobre a data: No dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Esta data é ligada a uma proposta feita em 1910, pela líder comunista alemã Clara Zetkin, durante o II Congresso Internacional de Mulheres Socialistas para lembrar operárias mortas durante um incêndio que ocorreu em uma fábrica em Nova York, em 1857.Mas há controvérsias quanto a esta versão. Segundo a socióloga Eva Alterman Blay, o acidente de 1857 não aconteceu. Pelo menos não na data em que é lembrado.

Segundo dados do Dieese, as mulheres correspondem a 41% da População Economicamente Ativa (PEA) do Brasil e mais de 1/4 das famílias são chefiadas por elas. Mas nem tudo são flores. Pela pesquisa, as mulheres possuem maior nível de escolaridade que os homens, porém não ocupam funções compatíveis com sua formação, além de ter remuneração menor se comparada ao sexo oposto.

Leia o texto completo em: www.usp.br/.../editorias/variedades.htm

10 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns, Mélica.
É o nosso dia, não é mesmo!;)
Estou acompanhando todos os dias seus textos.
Bjs, Bia.

PSousa*Bancada Directa* disse...

Os meus parabéns as mulheres, pois sem elas a existência do homem deixava de fazer sentido..Bjinhos e deixei um post em Bancada Directa as mulheres.

Renata disse...

Bacana vc falar da feminilidade. O termo é mto confundido e mal interpretado. E concordo com vc que cada mulher tem a sua feminilidade, não precisa incorporar modelos...
Feliz dia das mulheres pra vc!
Renata (blogagem coletiva)

Marcelo disse...

Legal a comparação. E parabéns pelo dia!

Janaina disse...

Oi Melica,
Muito interessante o seu texto, eu nao sabia que havia essa duvida sobre o acontecimento na fabrica de NY nao ter ocorrido. Por aqui ninguem comenta sobre o dia internacional da mulher, muitos nem sabem.
Essa estatistica das mulheres no Brasil e realmente triste, nao? A gente se esforca mais e ganha menos!Aqui a coisa esta comecando a mudar mas ainda se ve muito sexismo.
Bjs e parabens pelo nosso dia!!!

Viviane disse...

oi mélica

PARABÉNS pelo nosso dia!
gostei do teu post, achei muito interessante a conceituação do feminismo, pois é isso mesmo. ser feminista não é ser "contra" os homens, mas problematizar, discutir as condições a que as mulheres estão submetidas.
abraços!

Woman Once a Bird disse...

Gostei muito do post. Lamento chegar tão tarde, mas passei o dia a falar disto mesmo.
No que diz respeito à parte final do post... por cá (Portugal) a primeira mulher a votar aconteceu em 1913, já que a Lei dizia que tinham direito de voto "apenas os chefes de família". Ora, a senhora em questão era viúva e sustentava a sua prole, pelo que nenhum tribunal (mesmo que a contragosto) conseguiu tornear a argumentação. Curioso, não é?
No ano seguinte, mudou-se a Lei e só quase 60 anos depois as mulheres conquistaram pleno direito de voto, por cá.
Um bom dia Internacional da Mulher.

Ana Paula Montandon disse...

Mélica,
Muito bom o texto e o vídeo! Que os homens possam cada vez mais reconhecer o Mulherão que está do seu lado!!!
Bjim e feliz dia das mulheres!

Poliane disse...

Oiii,

PARABÉNS PRA nÓS!! hehehe

Adorei o trocadilho... Feminista X Feminilidade!! Muitas vezes as feministas são confundidas como querendo substituir os homens e intitulando até de "masculinas"... Mas o que na verdade o que queremos é de ganhar o mesmo espaço, os mesmos direitos as mesmas condições de escolha!!

Grande abraço!

Ana disse...

Realmente da maior importância teu post!
Entre as coisas que se confundem com o conceito de feminilidade é o excesso de preocupação com a aparência! Em nome de um modelo padronizado de beleza as mulheres estão se escravizando ainda mais do que nos tempos que originaram este nosso Dia Internacional! Bom prestar atenção nestas questões!
Beijo!

Creative Commons License
Blog licenciado - Creative Commons License.