Aquilo que a vida apresenta


"Aprender a ignorar as coisas é um dos grandes caminhos para a paz interior." (Robert J. Sawyer)

Tema do dia: Paz interior

Ontem assisti "Peaceful Warrior", baseado no livro “Guerreiro Pacífico”. O filme conta a história de Dan Millman (Scott Mechlowicz), um talentoso ginasta que sonha em participar das Olimpíadas. Ele tem tudo o que um garoto da sua idade pode querer: troféus, amigos, motocicletas e namoradas. Certo dia seu mundo vira de pernas para o ar, quando conhece um misterioso chamado Sócrates (Nick Nolte), que o ajuda a refletir sobre a vida e aquilo que ela apresenta. Este filme aborda temas como: poder interior, felicidade e a conquista de sonhos, focando a importância do "aqui e agora" e da meditação.

Título Original: Peaceful Warrior
Gênero: Drama
Duração: 120 minutos
Lançamento (EUA): 2006
Direção: Victor Salva
Nota no IMDb: 6,9/ 10 (http://us.imdb.com/title/tt0438315/)
Frase do filme: "A jornada é o que nos faz feliz, não o destino."
Trailer do filme:

"Não culpe os outros por seu fracasso de ser totalmente responsável por sua própria vida. Se os outros são culpados então você deu a eles o controle."
(Bob Perks)

7 comentários:

Claudinha disse...

Me interessei pela dica. As coisas podem mudar em nossa vida a partir do momento que prestamos a atenção e começamos a refletir na existência. Beijo e ótimo final de semana querida!

Wolverine Logan disse...

Valeu pela dica vou conferir, estou bem interessado nesse tema.
Beijos e bom findi!

Fernanda disse...

Realmente, Mélica, se as pessoas fossem tão prontas a responsabilizar os outros pelos seus sucessos, como pelos seus fracassos....
O filme deve ser mesmo bom!
Bom fim semana.
Bjs

Osc@r Luiz disse...

A Paz interior é um dos objetivos mais difíceis de se alcançar. Vou ver a sua dica, obrigado.
Beijo e bom final de semana!

Ursula disse...

Gostei da dica do filme. Beijos

Mila disse...

Gostei da dica e vou procurar pra conferir!!!
E adorei esta "Se os outros são culpados então você deu a eles o controle"... totalmente verdade!!!!
Beijos Mila

Sandra Leite disse...

Boa dica.
E sempre achei que por mais pertubadora que pareça ser a nossa trajetoria ou o percurso, é ela que faz toda a diferença para nosso destino.
Espero não dar tantas voltas num trajeto que poderia ser breve. Não quero perder tempo com aquilo que não se deve.
Ou não?

beijos,

excelente blog

Creative Commons License
Blog licenciado - Creative Commons License.