Quando o interesse diminui


"Quando o interesse diminui, com a memória ocorre o mesmo." (Goethe)

Tema do dia: Auto-interesse

Publicado em 1714 pela primeira vez e em 1723 numa versão mais completa, A Fábula das Abelhas, de Bernard Mandeville, causaria uma reação tamanha que vários pensadores importantes comentaram a obra e ainda o fazem. Mandeville defendia que aquilo entendido como vício pelos homens – como a ganância, inveja, vaidade e orgulho – era fundamental para a prosperidade da nação. (...)

A Fábula conta, de forma irônica, como os vícios de cada abelha em particular eram vitais para a pujança econômica da colméia como um todo. No entanto, pregando como ideal as virtudes e condenando os vícios, as abelhas acabaram tendo seu pedido atendido, e seu deus colocou um fim nos vícios. Todos eram virtuosos agora. Mas não foi preciso muito tempo para que o desemprego começasse a surgir em larga escala, e a economia da colméia ficasse totalmente estagnada.

Ele dizia que "aquilo que de pior existe em cada um contribuiu alguma coisa para o bem comum."

Fonte: http://www.institutoliberal.org.br/resenha.asp?cdc=1862
Leia outras frases dele aqui:
http://www.pensador.info/autor/Johann_Goethe


********

Falando em fábulas e abelhas.. assisti, no domingo, ao filme "Bee Movie - A História de uma Abelha". É um bom divertimento para quem gosta de desenho animado e para criançada.

2 comentários:

marcello disse...

Mel
Obrigado pelo elogio lá no blog! (Faz bem para o meu ego!)
Quanto a esse post de hoje ainda tenho de digeri-lo para entenê-lo...
Um beijo no coração!
:-)

EAD disse...

Oii gostei mto do seu blog tah nota 10!!Continue assim
bjaaooo

Creative Commons License
Blog licenciado - Creative Commons License.