A esperança pode ser desenvolvida


"Deixe suas esperanças, e não seus ferimentos, moldarem seu futuro."
(Robert H. Schuller)

Tema do dia: Esperança

Uma crescente área de pesquisas sugere que há uma forma poderosa para tratar os sintomas da depressão que não envolve tomar medicamentos. Qual é o nome dessa arma tão poderosa? Esperança. (...)

"Se você sente que sabe como obter o que você quer da vida, e você tem a vontade para fazer isso acontecer, então você tem esperança," diz Jennifer Cheavens. A esperança é diferente do otimismo, que é uma expectativa generalizada de que coisas boas irão acontecer, diz ela. A esperança envolve ter objetivos, juntamente com a vontade e com planos para alcançá-los. "A terapia da esperança procura se fundamentar nas forças que as pessoas têm, ou ensiná-las como desenvolver essas forças. Nós focalizamos não no que estava errado, mas na forma de ajudar as pessoas a dar vida ao seu potencial," explica ela. (...)

"O que eu acredito que seja entusiasmante sobre a terapia da esperança é a forma que nós estamos aprendendo com pessoas que estão se dando muito bem. Nós temos verificado o que as pessoas com esperança fazem de correto, e pegando essas lições e desenvolvendo terapias e intervenções para as pessoas que não estão se dando tão bem," diz Cheavens. "E a grande notícia é que isto parece funcionar - nós podemos ensinar às pessoas como ter mais esperança," conclui ela.

Um comentário:

Cirilo Veloso Moraes disse...

Quer dizer então que eu sou esperançoso, e não otimista... Hum... Gostei de saber.

Xêro, Mel.

;)

Creative Commons License
Blog licenciado - Creative Commons License.