Viver é correr risco

"De vez em quando você tem que fazer uma pausa e visitar a si mesmo."
(Audrey Giorgi)

Tema do dia: Ansiedade

Como sabemos, a ansiedade é uma característica biológica de qualquer ser humano, sendo manifestada em momentos de insegurança, medo do desconhecido ou de tensão. Está relacionada a um nervosismo, inquietude, transpiração, etc.

É normal sentirmos uma certa ansiedade, mas sofrer por tê-la, não.

Com a ansiedade, podemos perder uma boa parte da auto-estima: privamo-nos de fazer o que gostaríamos porque julgamo-nos incapazes ou temos medo de errar. Muitos acreditam que a ansiedade tem a ver com algo acontecido no passado ou está ligada a nossa cultura, educação, personalidade ou as influências que sofremos das outras pessoas. Essas frustrações, as ofensas ou opiniões negativas a nosso respeito entre outros ocorridos podem ser a razão dos nossos "bloqueios" de hoje.

De qualquer forma, buscar a causa é importante, mas também solução da nossa ansiedade. Supere os medos e desafie, pois depois que ultrapassar os obstáculos.. tudo torna-se mais fácil!! Se vamos fazer bem feito ou vencer é consequência, o mais importante é fazer! Logo logo, nossa ansiedade torna-se "experiência de vida", ou seja, parte do passado... e servirão para o crescimento e amadurecimento pessoal.
.
*********************
Como compreender a ansiedade?
.
O nosso Sistema Nervoso Central e a nossa mente necessitam de uma situação de conforto e de segurança para usufruir a sensação de repouso e de bem estar. Quando a nossa percepção nos alerta para uma situação de perigo a este estado acontece o estado ansioso. Evolutivamente faz muito pouco tempo que saímos dos tempos da caverna, onde os perigos de vida e a necessidade de luta eram uma constante. A excitação do Sist. Nerv. Central vinha como uma forma de estimular o nosso corpo para a luta ou para a fuga.

Uma boa dica:

"Se por um motivo muito grave você ficar em estado de ansiedade, faça um teste: deixe a ansiedade subir, subir, subir, até o limite máximo, até onde você não possa mais suportar. Neste momento, pense: o que poderia acontecer de pior? Pronto, você já começou a encontrar uma saída. Ao falar isto para você mesmo, a sua força interior começa a agir no seu cérebro e o próximo passo é relaxar. A hora é difícil, mas o pior já passou, você já conseguiu se perguntar sobre o pior que lhe pode acontecer; agora basta encher o peito de ar e falar com segurança. Assim você ganha metade do caminho e parte para a outra metade como vencedor."
(Paulo Baleki)

5 comentários:

Chawca disse...

Oi, só estou passando pra te fazer um convite, dá uma olhada lá no blog pra entender melhor.

Beijos, amanhã volto sem pressa, prometo...

Patty disse...

Mélica,
Já fui mais ansiosa e não me sentia bem com isso, passei a fazer umas técnicas de relaxamento pra melhorar.
Hj estou bem melhor, mas tem certas situações que não tem como não ficar ansiosa.

Um beijo e um ótimo dia!

Chawca disse...

Controlar a ansiedade é uma das tarefas mais difíceis dessa vida...
Ela já me atrapalhou (e atrapalha) bastante, mas a maturisdade vai ensinando como viver melhor com ela...

Thiane disse...

Oi. Olha, você bloga sobre uma tarefa árdua: desenvolvimento pessoal. Pouca gente consegue de fato buscar esse auto-conhecimento. Parabéns pelo blog e por essa jornada de vida. Bjs

dän disse...

ai nem me fale.. vc nao acredita como estou! hehehehe.. parando de fumar ainda, parece q a ansiedade piora! credo...

Creative Commons License
Blog licenciado - Creative Commons License.