Estilo de vida frenético


"Trabalhar nunca me deixou cansado. Já o fazer nada me deixa completamente exausto." (Sir Arthur Conan Doyle)


Tema do dia: Cansaço

Cansaço freqüente 'acompanha 85% das mulheres'

Uma pesquisa realizada na Grã-Bretanha apontou o cansaço freqüente como o maior sintoma do estilo de vida frenético da mulher moderna. A sondagem, realizada com 2 mil mulheres com idade média de 35 anos, mostrou que 85% delas se sentem freqüentemente cansadas, enquanto 59% disseram que o cansaço as acompanha "o tempo inteiro". A luta diária para conseguir conciliar os afazeres domésticos, educação dos filhos e a ambição profissional está fazendo com que mulheres entre os 30 e 40 anos atravessem a "década mais difícil de suas vidas", sugere o estudo.

Para a editora da revista, Marina Crook, o estudo revela "os males de um estilo de vida frenético". "As mulheres devem encontrar tempo para relaxar e comer bem. Do contrário, ao chegarem aos 50 ou 60, quando terão mais tempo para curtir a vida, vão ter de se preocupar com a saúde", alerta Crook. O estudo mostrou, no entanto, que as mulheres estão conscientes do mal que podem estar fazendo a si mesmas.

6 comentários:

Mila disse...

Pesquisa que caiu em cima... hehehe... to nos 85%... hauahauha... eu quero sossegoooooo
Beijos Mila

Cirilo Veloso disse...

Conscientes do mal, mas continuam nesse ritmo frenético...

Thiane disse...

Nossa, eu preciso mto me cuidar. Tô muito cansada e correndo. Beijos

Cristiane Martins disse...

Putz eu nem filho tenho e vivo cansada... to na estatística haha
Bjo

dän disse...

ai meu deus.. a falta do q fazer cansa mesmo, eu q o diga! preciso de um emprego urgente. hehehehe e faz TEMPO. procuro e nao acho.. como o "galinho" daquela musica infantil.

Carlos Bettanin disse...

Abraão Lincon que disse certa vez, que o que envelhece não é o trabalho, mas a ociosidade.

Creative Commons License
Blog licenciado - Creative Commons License.