A variedade é a alma do prazer

"Hábitos são mais seguros que regras; você não precisa segui-los. E você não precisa mantê-los tampouco. Eles mantém você."
(Frank Crane)

Tema do dia: Hábito

A vida é composta por hábitos, dos quais é o tempo quem regula e a repetição dos nossos hábitos nos faz ter ou não uma vida feliz. Manter hábitos saudáveis é a chave para uma vida melhor. Muitas vezes o conformismo nos ilude, mas apesar da aparente estabilidade das coisas, procure mudar sempre! A vida é formada por impermanentes momentos: enquanto o tempo passam, as pessoas vão e as coisas mudam..

Não se deixar levar pelas flutuações da existência- não se deixe flutuar!

*************************
Ensinamento do dia: Na Conduta de Fracasso, ou Auto-Sabotagem, o indivíduo sempre opta pelo lado negativo das situações, mas não o faz conscientemente, pois na verdade ele vê o mundo assim mesmo e não enxerga o lado bom das coisas. Muitas vezes uma pessoa entra nessa Conduta por sentimentos de Culpa, agindo assim para "pagar" por alguma coisa que não deveria ter feito a outra, e se auto-culpando, acredita-se não digna de ter sucesso na vida, e muitas vezes o culpa cargos abaixo de suas qualificações por não se sentir apto.
Fonte: www.psiqweb.med.br/infantil/conduta.html

*************************
"Os hábitos são como cordas. Se acrescentarmos um fio por dia, em pouco tempo não podem mais ser rompidos".

Stephen R. Covey, em seu livro Os 7 Hábitos das Pessoas Muito Eficazes , diz que há um espaço entre o que acontece com você e sua reação ao que acontece com você. Neste espaço está sua capacidade em escolher as melhores respostas e definir seu destino. No mundo de hoje a mudança é nossa única certeza, os prazos são menores e as pressões ainda maiores. Não conseguimos escolher as coisas que nos acontecem, algumas boas, outras más, porém todos nós podemos escolher nossa resposta ao que nos acontece. Você é fruto de suas ações, por isso sugiro alguns comportamentos que podem fazer a diferença para equilibrar suas emoções:

1- Experimente parar tudo o que está fazendo agora.
2- Fuja da tentação de querer todo mundo concordando com você.
3- Pare de reclamar dos seus prazos finais.
4- Não se irrite com a burocracia.
5- Elimine o hábito de fazer promessas que não vai cumprir.
6- Não deixe as pessoas esperando.
7- Pare de querer estar na praia, no cinema, com a cabeça em outro projeto.
8- Tire suas folgas.

As pessoas se esquecerão do que você disse, as pessoas se esquecerão do que você fez, mas as pessoas nunca se esquecerão de como você as fez sentir.

4 comentários:

Anônimo disse...

Eu li esse livro.. é genial!!!
É uma reflexão que serve para o nosso dia-a-dia.. ótimo post, Mélica.
Abs,
Diogo Almeida.

Ricardo Rayol disse...

Bom meu hpabito principal é escrever, vai que consigo vender meus livros para alguma editora fico rico e viro imortal?

Chawca disse...

Meu habito mais autal e visitar sempre os blogs que gosto...

Muitas vezes mantemos velhos habitos pq temos medo das mudanças....

Rodolfo disse...

Não se irritar com prazos finais??? Quase impossível. No mínimo o cara concorda com a imposição dos prazos... afinal, quem é favorecido por conta dos prazos???
Não se irritar por burocracia?? Esse cara deveria conhecer o Estado brasileiro para saber o que estamos tratando. Creio que esses conselhos, apesar de tudo são aproveitáveis em certo sentido, mas da pra notar uma certa atitude conservadora nas dicas deles, o cara tem que concordar sempre com o sistema e com as pessoas. Ele só se esqueceu de falar que essas medidas interessam muito àqueles que administram pessoas, e não àqueles que são administrados.

Creative Commons License
Blog licenciado - Creative Commons License.